quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Indignação


Hoje meu post é um desabafo, feito  no Facebook no dia 09/out, pelo que passei com meu filho no dia 06/out no Hospital Universitário de Florianópolis.

Depois de três dias com meu filho de 18 anos no HU, a situação era a seguinte:
Na segunda-feira, ele saiu da faculdade e foi direto pra emergência do HU sentindo dificuldades pra respirar. Foi diagnosticado uma pneumotórax,que é o acúmulo anormal
de ar entre o pulmão e o tórax, sendo necessário a colocação de uma dreno.
Colocaram ele sentado durante uma noite inteira numa cadeira super desconfortável.Não tinha posição pra ficar e não conseguia descansar. Eu e Evandro revezávamos pra ficar com ele, horas de cócoras ou de pé, pois cadeira pra acompanhante era objeto de luxo.
Na tarde do segundo dia, com muito custo e com o apoio até dos outros pacientes que se sensibilizaram a situação dele, conseguiram uma maca que foi colocada no corredor em frente a porta de entrada de emergência para pacientes que chegam em estado gravíssimo.
Em determinado momento tivemos que sair às pressas pois estava chegando um helicóptero com paciente para reanimação.
E assim ele ficou até a tarde de quarta-feira onde logo depois, graças a Deus, foi liberado.
No caso do Matheus, não posso culpar os médicos, enfermeiros, atendentes, etc...fizeram o que podiam fazer. O problema é o hospital que não oferece condições...Nosso sistema de saúde é precário!
Infelizmente, tivemos que vivenciar esta triste realidade.
Fica aqui minha indignação.

E Hoje acordei pensando na vida,  em como somos frágeis...no que  não sabemos... a vida é realmente cheia de surpresas.
Meu filho hoje está bem, mas ainda fazendo curativos.
Só tem um probleminha, quero ficar o tempo todo perto dele, tipo grude.:))

Beijo carinhoso a todos!

8 comentários:

  1. Puxa, imagino o susto e é mesmo uma situação terrível a da saúde nesse nosso país! Que tudo fique bem com teu filho! Bom te ver! estavas sumida ou eu te perdi? bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. oi Solange
    Obrigada da presença no meu blog, um prazer vir ler seu texto que graças a Deus teve um final de feliz.
    Desejo uma recuperação bem rápida do seu filhote e nem posso mesmo imaginar o que eé passar por um sufoco desses,
    Ontem mesmo estava assistindo um debate entre políticos e a 'Presidenta' contando vitória sobre todos os temas inclusive da saúde. Como pode ser tão cínica? será que não sabe do que sofremos nas repartições médicas por todo canto. Deus queira que perca e suma de vez rsrs
    um abraço grande

    ResponderExcluir
  3. Solange, vc está certíssima de indignar com o atendimento de saúde no serviço público.
    E certíssima em entender que o pessoal que trabalha com saúde pública, é tão vítima quanto os pacientes que ali estão.
    Saúde para Mateus.

    ResponderExcluir
  4. Que situação, a gente se sente um nada, qdo vemos nossos filhos sofrendo e não podemos fazer nada...
    Uma falta de respeito com o ser humano =/
    Espero que ele esteja melhor.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  5. Nossa realidade é um terror. ( que nem todos vivenciam )
    Mas há de dar tudo certo no final...
    Melhoras para seu filho!!

    ResponderExcluir
  6. É uma pena e uma vergonha que um país com a potencialidade do Brasil trate tão mal os seus cidadãos, tem todo o direitos indignação.
    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Nossa saúde está um caos. Tenho um ótimo plano de saúde e nos dois últimos dias estou fazendo exames para uma revisão que faço anualmente (a idade exige). Em dois dias já deixei duas reclamações onde fui atendida. Se vai dar resultado eu não sei, mas pelo menos deixei o meu protesto.

    ResponderExcluir
  8. Querida So,triste,muito triste tudo que esta a correr no nosso Brasil.Saude,educação e habitção deveria ser um direito de todo cidadão
    em qualquer lugar do mundo. Tomara que o Brasil tenha um novo rumo .
    Melhoras para seu filho e um grande abraço para ti.

    ResponderExcluir